Aprender a escrever...

Aprender a escrever só se faz escrevendo. E só aprendemos bem aquilo que para nós tenha poesia.

terça-feira, 6 de abril de 2010

Lilith no Yume( Lilith )

Note: Falei que só ia falar de personagens que tem ligação com alguem caso o própio alguem comentasse aqui no blog...pelo menos visse o que tou fazendo. Mas, esse é o único caso especial que vou abrir, e ela sabe o porque. Espero que ela leia isso um dia, e ficarei muito feliz se isso acontecer.
Bem, a Lilith é maior das quatro "sacerdotisas mestras" do Reino. E a única especializada em batalhas, não em cura, ou magia...ou algo assim. Ela é uma Elfa da noite...e agora vocês perguntam..o que diabos é isso? Bem, parece uma elfa comum, com suas diferenças. Elfos, na história, são bem parecidos com os humanos, só que mais bonitos, pele clara geralmente , mas não tem necessariamente cabelos claros. Já os night elf/Elfo da noite, como ela, tem a pele cinza azulada, olhos praticamente prateados [ no caso dela] e Cabelos claros [ os dela são quase brancos ]. Ela usa um arco longo[ bem longo] chamado Mihawk, algumas magias e tem um punhal guardado [ emergências acontecem]. Pra quem não quer ver muitos detalhes da história, não continue lendo, agora vem spoiler. Ela é o "par romantico" do personagem principal e foi descrita por mim assim : "Lilith era uma elfa noturna, de pele dificil de descrever, parecia azulada , acizentada, dependendo do ponto de vista. Tinha olhos de íris branca, cabelos brancos, quase prateados, que desciam até a cintura. Sua roupa se diferenciava das outras, era um vestido longo, com duas fendas na parte da frente, que subiam da parte de baixo do vestido até a parte superior da coxa. Na parte de trás e na parte entre as fendas havia uma outra "saia", curta e feita de penas francas e brilhantes. Essas penas eram tambem presentes nos ombros, como adorno. O vestido era branco, de seda, e caia na parte da frente como um leve e discreto decote.. Mais um detalhes: tinha 1,72 e carregava um pingente com a forma de um floco de neve, pendurado no pescoço."
Esse pingente é o segredo da força dela, literalmente. O arco dela é invocado a partir do pingente. As armas das outras sacerdotisas seguem o mesmo estilo. Bem ...ela quem uma vez ou outra levanta o Raitun quando ele tá saindo do caminho ou caindo. E dá algumas das primeiras aulas...umas basicas, outras bem problemáticas. Depois ele supera as expectativas de todos, chegando até a ensinar ela..e a mudar um pouco cada um dos outros. Ela mora na parte sul do reino [ mas não esqueça, o sul é o norte], no templo articu, que é o que se situa perto do rio de mesmo nome...uma terra gelada, que tinha congelado muito a Grande sacerdotisa...mas até em lugares gélidos o sol brilha, e o raitun com seus raios e apelidos de tuntun e coisa fofa alegrou a vida de Lilith. "Bons tempos" diriam eles, relembrando algum dia da coisa toda,rsrsrs.E qual a importância da Sacerdotisa? O 'poder do amor' faz uma enorme diferença, claro. As palavras de incentivo sempre dão incentivo. Então, a Lilith pode não ter dado o 'pontapé inicial' da coisa, mas podemos dizer que era um dos incentivos mais fortes. Era a melhor inspiração e força que o aprendiz poderia obter de alguém. Acho que...é isso. Alguma duvida, comente. lol
P.S: que raiva...eu passo a tarde toda entediado, sem uma alma viva pra fazer contato, quando resolvo escrever aparece o mundo falando comigo/aparecendo ¬¬'. Odeio isso.

Um comentário:

Dija, The Lupuosrikus Darkdija disse...

O que mais podemos comentar sobre a Lilith...
Ela seria algo como... "o par perfeito". Com o simples agravante clichê de cada um ser de um mundo. Então, eles poderiam ficar juntos sendo de dois mundos diferentes?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...